Melhor app para dormir

Se você souber como usar a tecnologia para dormir melhor, provavelmente conseguirá resolver muitos problemas de sono e ter noites mais tranquilas, com mais descanso e recuperação da sua energia.

Esse cenário pode parecer básico para muita gente, mas não é: 4 em cada 10 brasileiros apresentam problemas de sono, segundo dados compilados pela OMS.

Isso significa, portanto, que quase metade de todos os cidadãos no Brasil enfrentam a insônia e poderiam ter noites mais tranquilas.

Dito isso, não é preciso ser um especialista na área para entender como usar a tecnologia para dormir melhor.

Você não precisa ser um cientista que estuda o sono e nem um psicoterapeuta que entende o que é sonhar com dinheiro ou outros símbolos para saber que alguns recursos tecnológicos podem ajudar você a ter melhores noites de sono, com mais descanso e recuperação de energia.

Sem isso, você pode começar a sofrer os efeitos negativos de não dormir o suficiente, como acumular doenças ou ter o seu organismo mais fragilizado. Isso sem falar nos problemas de ordem mental ou emocional, como a ansiedade e a depressão, que são muito comuns em quem dorme pouco.

Portanto, é importante aprender como usar a tecnologia para dormir melhor. Quer saber como fazer isso? Então siga a leitura abaixo para ver algumas sugestões!

Como usar a tecnologia para dormir melhor: 5 dicas

1. Tenha um dispositivo ou aplicativo de ‘ruído branco’

Se você gosta de dormir com o barulho do mar, ou da chuva, provavelmente vai gostar de ter um dispositivo que emite ruídos brancos.

Os ruídos brancos são uma sequência de ruídos de diferentes frequências, tocados na mesma intensidade, de forma a produzir um som agradável que isola o ambiente dos ruídos externos.

Sons da natureza costumam instintivamente acalmar o corpo, mas alguns outros sons também podem funcionar, como barulho de pessoas conversando, ou de locomotiva.

Hoje em dia, é possível baixar aplicativos que emitem ruído branco, mas, caso não queira deixar o celular por perto na hora do sono, você pode comprar um dispositivo específico para isso.

2. Pratique meditação guiada

A meditação pode funcionar muito bem para aliviar o estresse e ansiedade da mente antes de dormir, mas nem sempre é fácil fazer isso sozinho.

A meditação guiada tem a proposta de ajudar mentes muito agitadas a chegar ao estado de tranquilidade, e muitas pessoas usam este método para combater a insônia.

O Youtube tem canais específicos para meditação guiada, mas se você busca uma alternativa offline, ainda é possível encontrar CDs com estes programas, ou adquirir álbuns inteiros para ouvir desligado da internet.

3. Experimente frequências de luzes diferentes para dormir

Nem sempre o escuro traz conforto na hora de dormir. Algumas pessoas ficam mais ansiosas, ou têm fobia da escuridão. E a alternativa da luz acesa também impede o cérebro de desligar e descansar.

Por isso, surgiram diversas opções de iluminação para quem sofre de insônia. Uma delas, é ter um dimmer instalado no quarto, para ir baixando a luminosidade das lâmpadas até que esteja confortável o suficiente para relaxar, mas sem apagar completamente as luzes.

Outra opção é a luz de LED colorida, principalmente na frequência do azul. Esta cor de LED costuma trazer sensação de conforto e tranquilidade, e ainda mantém o ambiente iluminado.

Há ainda quem se contente apenas com uma pequena fonte de luz no quarto. Neste caso, os abajures de tomada são o suficiente, e vêm em diferentes cores, formatos e intensidades.

4. Use cobertores tecnológicos

Existem diversos tipos de cobertores que prometem ajudar na qualidade do sono. Por exemplo, cobertores elétricos, que aquecem a cama sem precisar do peso extra de edredons e cobertas pesadas que tensionam o corpo.

Mas se você for do tipo de pessoa que precisa do peso da coberta para dormir, então deve experimentar o “cobertor pesado”. É um tipo de cobertor criado com um peso específico para trazer conforto para insones.

5. Tenha aparelhos para melhorar a qualidade do ar

A qualidade do ar do seu quarto, especialmente em relação a umidade, afeta diretamente a sua qualidade do sono. Portanto, é importante utilizar equipamentos que possam ajustar esses elementos do seu ambiente e trazer melhores condições na hora de dormir.

Ainda pensando nisso, é importante também que o ar do seu quarto não esteja em uma temperatura muito ruim para o sono (nem muito calor, nem muito frio). O ideal é que esteja ligeiramente frio para que você possa se aquecer em um cobertor e descansar.

Pronto! Agora que você viu como usar a tecnologia para dormir melhor, pode empregar esses recursos técnicos para tentar melhorar a sua qualidade do sono.

É claro que, no entanto, esses fatores atuam apenas de maneira a controlar os elementos externos do sono. Parte da qualidade dele vem de fatores internos, como sua respiração, seu nível de estresse e outros elementos. Por isso, trabalhe-os também para garantir uma melhor experiência no geral.

Gostou do conteúdo? Então comente abaixo com a sua opinião sobre o tema!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.