7 Estratégias para vender no Instagram com sua loja online e gerar mais envolvimento

Você tem uma loja online e está se perguntando se deve começar a vender no Instagram? Você não sabe se vale a pena ou se será uma perda de tempo?

Cada rede social tem suas próprias particularidades e a rainha das fotografias não é exceção.

É por isso que, neste post, explicaremos suas vantagens e desvantagens e como você pode utilizá-la para aumentar as vendas de sua loja online.

As fotografias vendem? Agora vamos descobrir.

Por que você deve vender no Instagram? Vantagens e desvantagens

Como dissemos no início, cada rede social tem suas próprias particularidades. É por isso que, antes de excluir o Instagram, você tem que avaliar se este é o melhor canal para atingir seus objetivos ou se existem melhores.

Mas vamos começar com o lado positivo.

Nº1: Crescimento em alta

Esta é uma rede social que está tendo um crescimento incrível. Atualmente tem o dobro de usuários do que tinha há apenas 2 anos.  Para te dar uma ideia de seu tamanho, diremos que já ultrapassou a barreira dos 1 bilhão de pessoas registradas.

Só isso faz dela uma rede social a ser levada em conta.

Nº2: Dará mais engajamento à sua marca

Ter seguidores só por causa de tê-los é inútil. Se você quer que o impacto de sua loja cresça, você precisa de pessoas que realmente interajam com seu conteúdo.Comprar seguidores Instagram talvez não adiante se você quiser um maior engajamento.

Se você comparar as taxas de engajamento das diferentes redes sociais, você verá que os influenciadores nessa rede social estão muito mais engajados com as marcas do que aqueles no Twitter ou Facebook.

Isso tornará muito mais fácil aumentar sua comunidade.

Nª3: Humanizar sua marca

Através de fotos e vídeos você pode mostrar seu trabalho ou seus produtos de uma maneira mais casual.

Pense que os consumidores têm mais empatia com marcas que parecem ser mais reais.

Que tipo de fotos você pode tirar? Aqui estão algumas ideias:

  • Seus escritórios ou arredores.
  • Um vídeo de como você embala seu produto.
  • As ferramentas que você usa para trabalhar.
  • Membros da equipe, etc.

Libere seu lado criativo, você verá como seu público lhe agradecerá.

E agora estamos indo para o lado menos bonito desta rede social. Vamos ver o que você tem que levar em conta.

Nº1: Versão para PC muito limitada

É verdade que o Insta é um APP que se baseia no carregamento de fotos com o celular, porémele tem menos recursos na versão desktop.

Nº2: pode não ser seguro

Todos os dados que você fornecer ao Instagram estarão na Internet. Se seus servidores fossem atacados por hackers, suas informações correriam o risco de cair em mãos erradas.

É por isso que é recomendado que você permita a autenticação em dois fatores.

Nº3: Você não pode reordenar suas fotos

Quando o usuário chega ao seu perfil, ele tem que visualizar todas as fotos de uma só vez. Seria mais prático e melhoraria a experiência do usuário se pudesse agrupá-las tematicamente.

Nº4: Muito limitado para enviar tráfego para o site

Talvez este seja o pior de todos. O Instagram permite incluir apenas um link clicável (o que fica na Bio).

Isso limita muito as chances da pessoa visitar sua loja online.

7 dicas para vender no Instagram

Você decidiu usar o Instagram para vender seus produtos? Então prepare-se porque agora vamos te dar 7 dicas para aproveitar ao máximo o potencial desta rede social.

1. Mostre seu produto em ação

Todos nós sabemos como tirar fotos de nossos produtos, mas como explicamos neste post, não é suficiente tirar fotos de qualquer maneira.

Se você quiser que seu produto se destaque do resto da concorrência, tire fotos durante o uso do seu produto.

Faça um teste. Pesquise no Google por imagens de sapatos de corrida.

Seus olhos vão mais para as fotos de pessoas correndo ou amarrando seus sapatos, não é?

Além de serem fotos mais atraentes, somos atraídos por ver o item em um contexto real. Ou seja, para o qual vamos usá-lo.

2. Conte uma história com seus produtos

Este ponto é uma variação do anterior. Além de mostrar fotos que mostram o item “funcionando”, você pode fazer com que em volta dele contenha uma história.

Por exemplo, imagine que você venda roupas no Instagram. Tomemos o caso específico de que você tem uma loja de camisetas.

Na maioria das lojas, você verá o modelo usando a peça de vestuário sobre um fundo branco.

Mas e se ao invés disso, o modelo aparecesse na praia com amigos fazendo uma fogueira?

Se seu potencial cliente estiver na faixa etária que valoriza momentos reunidos com os amigos, esta foto terá mais impacto porque mostra uma situação idílica para ele.

Com este tipo de foto, você poderá estabelecer um vínculo emocional com o usuário e terá mais chances de torná-la leal.

3. Usehashtags

Hashtags são palavras que são acompanhadas com uma hashtag (#) para etiquetar a foto que estamos carregando.

E para que serve isso?

Para que as pessoas possam encontrar seu conteúdo mais facilmente (o que levará a mais seguidores e, portanto, futuros clientes).

Aqui abaixo vão várias regras para utilizá-las corretamente:

  • Pesquise quais são as hashtags que seus concorrentes utilizam. Desta forma, você terá mais opções para atingir seu público-alvo.
  • Não coloque mais de 5 ou 10 hashtags. É estranho ver 2 ou 3 linhas de comentários e depois um parágrafo inteiro de hashtags.
  • Coloque aquelas que mais te interessam (por exemplo, aqueles de sua marca) em seu primeiro post. As hashtags que você colocar no segundo ficarão escondidas assim que deixarem um comentário.

Você também pode usar ferramentas que te dizem quais são os hashtagsmais populares para seu nicho. Por exemplo, a Display Puposes.

4. Tornar as compras o mais fácil possível

Uma das desvantagens que o Instagram tem é que você só pode incorporar um link para seu website. E, claro, isto torna muito difícil para o usuário o acesso rápido ao produto.

Nós indicaremos abaixo várias ferramentas para que você possa resolver isso:

  • Like2Buy: essa ferramenta permite criar uma página especial com todos os seus produtos que podem ser acessados a partir do link na Bio. A partir daí, os usuários podem realizar as compras a partir dali. Marcas como Victoria’sSecret usam essa alternativa.
  • Liketoknowitideal para blogueiros que querem vender roupas no Instagram. Se você se registrar neste aplicativo e o usuário que te segue der um likena sua foto, ele receberá um e-mail para comprar o seu produto (mas ele também tem que estar registrado na ferramenta).
  • Soldsie: outra ferramenta muito interessante para vender produtos no Instagram. Com este aplicativo, o usuário só terá que deixar a palavra “vendido” e seu e-mail em um comentário. Depois disso, ele receberá uma mensagem para que possam concluir a compra.

Quanto mais fácil você tornaro processo de compra para seus clientes, melhor. Cada clique extra que eles precisarem executar é uma chancedeles abandonarem o carrinho.

5. Realizar concursos e promoções

Esta é uma das melhores maneiras de dar visibilidade à sua marca no Instagram e melhorar o nível de envolvimento do cliente.

Os passos para criar um bom concurso ou promoção são os seguintes:

  1. Crie uma hashtag única e simples que identifique sua marca.
  2. Deixe claro qual é o prêmio.
  3. Explique as regras. Por exemplo, é comum pedir a seus seguidores que carreguem fotos do produto etiquetado com a hashtag que você criou.
  4. Uma vez que você tenha um vencedor, faça um post parabenizando-os e mencionando seu nome de usuário.

Todos gostam de concursos, aproveite-os para ganhar popularidade!

6. Se você tem uma loja física, geolocalize suas fotos nela

Se você tem uma loja física online, você tem que deixar isso claro. Tenha em mente que muitas pessoas ainda hesitam em comprar on-line, por isso será mais fácil para elas se decidirem se elas puderem ver o produto.

Quando você carregar a foto, basta adicionar o local. Lembre-se que as fotos mostrando sua loja ou onde você trabalha também funcionam muito bem.

7. Use fotos de seus produtos tiradas por seus seguidores

A Internet mudou as regras do jogo quando se trata de vender. A informação agora flui sem problemas através da rede.

Entretanto, o consumidor 3.0 incluiu um novo fator na decisão de compra ou não: as opiniões de outros usuários.

Ver como tem sido a experiência de outros usuários, pode transmitir a confiança necessária ou fazê-los descartar completamente a compra. Por esta razão, muitos comércios eletrônicos utilizam agora um sistema de comentários e classificação por estrelas.

Incentive seus clientes a carregar fotos falando sobre seus produtos com descontos ou promoções especiais. Outra boa estratégia é incorporar estas fotos de seus clientes nos próprios cartões do produto. Isto enfatizará a sensação de “prova social”.

Você está pronto para começar a vender no Instagram?

Como você já viu, usar o Instagram para vender seus produtos pode ser interessante, apesar dos inconvenientes da plataforma.

E isso para não mencionar que é uma rede social que cresce ano após ano e que permite abordar os usuários de uma maneira diferente.

Não desperdice o poder das fotos e comece a vender na Instagram!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.