Como manter seus dados seguros com a nova atualização do WhatsApp?

Ataques cibernéticos aumentaram consideravelmente durante os tempos de pandemia.

Os hackers se tornaram mais criativos do que nunca e estão tentando explorar os dados das pessoas por meio de aplicativos maliciosos. 

E eles não são os únicos atrás dos seus dados, grandes corporações estão mostrando que estão dispostas a coletar seus dados para oferecer produtos mais segmentados e aumentar o seu consumo.

O WhatsApp é um dos aplicativos de mensagens instantâneas mais populares que existem e se você quiser garantir que seus bate-papos, sua conta e seus dados permaneçam seguros, siga as dicas que iremos apresentar neste artigo. 

Primeiramente vamos entender quais são as novas atualizações e políticas do Whatsapp. 

Compartilhamento de dados com o Facebook

O Facebook tem sido alvo de muitas críticas nos últimos anos. Uma dessas críticas é ao monopólio de mercado e às ações anticompetitivas por parte da empresa. 

Os reguladores tentam minimizar o comportamento anticompetitivo avaliando quaisquer tentativas de aquisição.

Quando o Facebook decidiu que queria adicionar o WhatsApp à ‘Família do Facebook’, a União Europeia (UE) só aprovou o negócio depois que o Facebook garantiu que as duas empresas e seus dados seriam mantidos separados.

Recentemente, no início de 2021, um relatório sugeriu que o WhatsApp compartilhasse dados do usuário com o Facebook, sem dar aos usuários uma escolha. 

Em 2016, o WhatsApp começou a compartilhar dados com o Facebook por padrão, mas os usuários ainda podiam optar por recusar. 

De acordo com o WhatsApp, essa mudança realmente não afetou as mensagens do usuário. Em vez disso, inclui alterações relacionadas à quando você envia uma mensagem a uma empresa usando o WhatsApp – algo que o Facebook aponta ser totalmente opcional.

Aparentemente, não será possível mais controlar como seus dados são coletados e utilizados na plataforma. Porém, ainda é possível evitar que criminosos virtuais acessem seus dados e prejudiquem sua privacidade de forma ilegal. 

Confira a seguir 5 dicas para manter seu Whatsapp seguro e evitar fraudes.

Excluir e relatar spam

Os spammers frequentemente tentam entrar em contato com você pelo WhatsApp para induzi-lo a clicar em links maliciosos ou baixar arquivos infectados por malware. 

Se você alguma vez se deparar com essas mensagens de spam de um número desconhecido, simplesmente ignore-as e use a opção ‘Denunciar spam’ disponível no WhatsApp.

Ao receber uma mensagem de um número desconhecido pela primeira vez, você terá a opção de relatar o número diretamente no chat. Você também pode denunciar um contato ou grupo a partir de suas informações de perfil. 

Primeiro, abra o bate-papo, toque no nome do contato ou grupo para abrir suas informações de perfil e, em seguida, role até a parte inferior e toque em ‘Denunciar contato’ ou ‘Denunciar grupo’.

Verificação em duas etapas

Para segurança extra, você pode habilitar a verificação em duas etapas que requer um PIN ao registrar seu número de telefone no WhatsApp novamente. Isso é ótimo para evitar que pessoas desconhecidas acessem seus bate-papos.

Esta opção está disponível em Configurações> Conta> Verificação em duas etapas> Ativar. Será solicitado que você crie um código PIN de 6 dígitos que será solicitado quando você registrar seu número no WhatsApp novamente.

Certifique-se de adicionar também seu endereço de e-mail para acessar o PIN novamente, caso você o esqueça. A verificação em duas etapas é o sistema de proteção de acesso mais seguro no mercado. 

Este tipo de procedimento evita que as quadrilhas clonem o seu whatsapp e roubem seus dados.

Defina suas configurações de privacidade

Isso é óbvio, mas se você não quer que estranhos acessem sua foto de perfil, vejam seus compartilhamentos e suas informações pessoais, ajuste as configurações de privacidade. 

Tudo o que você precisa fazer é definir visto pela última vez, foto de perfil, sobre e status para meus contatos ou apenas para mim.

Você também pode optar por compartilhá-los com apenas algumas pessoas, dependendo de suas preferências de privacidade. As configurações de privacidade estão disponíveis em Configurações do WhatsApp> Conta> Privacidade.

Se você se preocupa com a privacidade de sua rede, que tal usar as principais VPNs disponíveis no mercado? Dessa forma, você garante que sua conexão é segura e seus dados estão protegidos. 

Controle com quem você interage

O WhatsApp oferece a opção de impedir que contatos específicos tentem falar com você novamente. Se você descobrir que a pessoa está incomodando ou intimidando você, pode simplesmente bloqueá-la. Isso pode ser feito por meio de chat. 

Você também pode decidir o que compartilhar com seus contatos no WhatsApp. Não envie imagens ou mensagens confidenciais que você não gostaria que outras pessoas vissem.

Bloqueie seu WhatsApp

Mesmo que essa opção não esteja diretamente disponível no WhatsApp, você pode usar aplicativos de terceiros ou até mesmo as configurações de segurança do seu celular para habilitar esse recurso de segurança no WhatsApp. 

Isso impedirá que outras pessoas acessem seus bate-papos do WhatsApp, mesmo que tenham acesso ao seu telefone.

Exigirá que você insira um PIN, padrão pro desenho ou impressão digital e só permitirá que você entre no aplicativo depois de saber essas credenciais.

Mas certifique-se de que está usando um aplicativo de segurança confiável, caso contrário, você pode colocar seus dados em risco.

Sempre seguro

O Whatsapp é o aplicativo mais utilizado no Brasil, por isso ele é tão visado pelos criminosos. Utilizando as dicas que nós compartilhamos aqui, você não terá problemas com este tipo de ataque.

Gostou das nossas dicas de segurança para whatsapp? Então aproveite para conhecer o WhatsApp Plus

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.